Administradora de condomínios

5 Dicas para fazer uma Assembleia de sucesso

É denominado de Assembleia Geral de Condomínio o foro deliberativo no qual os temas de interesse de todos os condôminos são discutidos, para que então haja a tomada de decisões. Basicamente, é nessas reuniões que assuntos importantes, como a eleição de um novo síndico e a reforma do condomínio, entre outros, são debatidos entre o síndico e todos os moradores do condomínio. Por isso mesmo, o evento deve contar com a presença do maior número possível de condôminos.

Administradora F&F5 Dicas para fazer uma Assembleia de sucesso
Leia mais

Os 5 erros mais comuns cometidos por síndicos de condomínio

Função complicada, por vezes estressante. Entretanto muito importante para toda a comunidade do condomínio. Ser síndico de um prédio ou condomínio é uma responsabilidade a mais no dia a dia de uma pessoa. Lidar com reclamações, tarefas, cobranças, diálogos, exigências, direitos e deveres seus e dos próprios moradores. É, não é tarefa fácil. E é com esse acúmulo que os erros começam a aparecer, não por incompetência, mas sim pela quantidade de tarefas acumuladas que clamam por serem feitas, fazendo de algumas esquecidas. O síndico precisa entender e conviver com as críticas e admitir que pode ter errado, mesmo sem saber.
Vamos apresentar os 5 erros mais comuns cometidos pelos síndicos de condomínio. O que acontece, sua gravidade e o que fazer para contornar o mesmo. Confira:

Administradora F&FOs 5 erros mais comuns cometidos por síndicos de condomínio
Leia mais

Honorários advocatícios nas cobranças extrajudiciais de débitos condominiais

A atuação do advogado, nas cobranças de débitos de taxa de condomínio, visa minimizar este que é um dos maiores problemas nos condomínios. Mas até que ponto é legal a cobrança dos honorários? Veja mais na reprodução deste artigo.

Administradora F&FHonorários advocatícios nas cobranças extrajudiciais de débitos condominiais
Leia mais

Convencionando a gente se entende

Para se viver em sociedade é necessário seguir algumas regras que sirvam de parâmetros para o bem comum. O cumprimento das regras faz com que haja um limite do que pode e o que não pode ser feito. Em um condomínio o regimento interno é o que delimita as regras para os casos mais específicos no que diz respeito à vida dentro desta pequena sociedade.

Mas, quem pensa que o regimento interno serve apenas para impor limites está enganado. O documento serve principalmente para defender os interesses comuns de todos os moradores e daqueles que de alguma forma fazem parte deste organismo.

Administradora F&FConvencionando a gente se entende
Leia mais

Condomínio com boa convivência é possível

Desde Adão e Eva que a convivência em um espaço comum não é harmoniosa como se espera. Se em um ambiente amplo, totalmente disposto somente para o casal, já surgiram desavenças, imagine então um ambiente limitado e que reúne diversas pessoas.

Os desentendimentos em um condomínio são totalmente comuns, mas há maneiras simples e fáceis de resolver os problemas de relacionamento entre condôminos.

Administradora F&FCondomínio com boa convivência é possível
Leia mais

Tranquilidade prevista

Um condomínio é como um organismo vivo, que para funcionar de maneira correta precisa que todos os órgãos funcionem bem e sua integração resulte em uma convivência harmoniosa.

Ter uma administradora de condomínios é a garantia de que todos os sistemas, ou seja, as áreas contábil, jurídica e administrativa, estejam sempre saudáveis, tanto de forma isolada, quanto integrada.

Administradora F&FTranquilidade prevista
Leia mais